2012: entrada no Cinturão de fótons.

dezembro 16, 2009 às 1:15 pm | Publicado em A Nova Era, Era de Aquário, Transição Planetária | 36 Comentários
Tags:

O sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação de Plêiades. Esta foi a conclusão dos astrônomos Freidrich Wilhelm Bessel,  Paul Otto Hesse, José Comas Solá e Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos.

Nosso Sol é, portanto, a oitava estrela da constelação – localizada a aproximadamente 28 graus de Touro, e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione, movimento terrestre também conhecido como Precessão dos Equinócios. A divisão desta órbita por doze resulta em 2.160, tempo de duração de cada era “astrológica” (Era de Peixes, de Aquário, etc).

Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel, ou disco de radiação, em posição transversal ao plano das órbitas de seus sistemas (incluindo o nosso), que foi chamado de Cinturão de Fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétronsendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética, algo que ainda se desconhece na Terra.

Detectado pela primeira vez em 1961, através de satélites, a descoberta do cinturão de fótonsmarca o início de uma expansão de consciência além da terceira dimensão. A ida do homem à Lua nos anos 60 simbolizou esta expansão, já que antes das viagens interplanetárias era impossível perceber o cinturão.

A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos no anel de fótons, ficando mais próximo de Alcione. A última vez que a Terra passou por ele foi durante a “Era de Leão”, há cerca de doze mil anos. Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos dentro deste disco de radiação.

Todas as moléculas e átomos de nosso planeta passam por uma transformação sob a influência dos fótons, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente,uma luz sem temperatura, que não produz sombra ou escuridão. Talvez por isso os hinduístas chamem de “Era da Luz” os tempos que estão por vir.

Desde 1972, o Sistema Solar vem entrando no cinturão de fótons e em 1998 a sua metade já estará dentro dele. A Terra começou a penetrá-lo em 1987 e está gradativamente avançando, até 2.012, quando vai estar totalmente imersa em sua luz.

De acordo com as cosmologias maia e asteca, 2.012 é o final de um ciclo de 104 mil anos, composto de quatro grandes ciclos maias e de quatro grandes eras astecas. Humbatz Men, autor de origem maia, fala em “Los Calendários” sobre a vindoura “Idade Luz”. Bárbara Marciniak, autora de “Mensageiros do Amanhecer”, da Ground e “Earth”, da The Bear and Company e a astróloga Bárbara Hand Clow, que escreveu “A Agenda Pleiadiana”, da editora Madras, receberam várias canalizações de seres pleiadianos. Essas revelações falam sobre as transformações que estão ocorrendo em nosso planeta e nas preparações tanto física quanto psíquicas que precisamos nos submeter para realizarmos uma mudança dimensional. Segundo as canalizações, as respostas sobre a vida e a morte não estão mais sendo encontradas na terceira dimensão.

Um novo campo de percepção está disponívelpara aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma. Desde a década de oitenta, quando a Terracomeçou a entrar no Cinturão de Fótons, estamos nos sintonizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione, estrela de quinta dimensão.

Zona arquetípica de sentimentos e sonhos, onde é possível o contato com planos mais elevados, a quarta dimensão é emocional e não física. As idéias nela geradas influenciam e detonam os acontecimentos na terceira dimensão, plano da materialização. Segundo as canalizações, a esfera quadri-dimensional é regida pelas energias planetárias de nosso sistema solar, daí um trânsito de Marte, por exemplo, causar sentimentos de poder e ira.

Para realizar esta expansão de consciência é preciso fazer uma limpeza, tanto no corpo físico como no emocional, e transmutar os elementais da segunda dimensão a nós agregados, chamados de miasmas. Responsáveis pelas doenças em nosso organismo, os miasmas são compostos de massas etéricas que carregam memórias genéticas ou de vidas passadas, memórias de doenças que ficaram encruadas e impregnadas devido a antibióticos, poluição, química ou radioatividade. Segundo as canalizações, esses miasmas estão sendo intensamente ativados pelo Cinturão de Fótons. Os pensamentos negativos e os estados de turbulência, como o da raiva, também geram miasmas, que provocam bloqueios energéticos em nosso organismo.

Trabalhar o corpo emocional através de diversos métodos terapêuticos – psicológicos, astrológicos ou corporais – ajuda a liberar as energias bloqueadas. A massagem, acupuntura, homeopatia, florais, meditação, yoga, o tai-chi, algumas danças, etc,são também técnicas de grande efetividade,pois mexem com o corpo sutil e abrem os canais de comunicação com outros planos universais.

As conexões interdimensionais são feitas através de ressonância e para sobrevivermos na radiação fotônica temos que nos afinar a um novo campo vibratório. Ter uma alimentação natural isenta de elementos químicos, viver junto à natureza, longe da poluição e da radiatividade, liberar as emoções bloqueadas e reprimidas, contribuem para a transição. Ter boas intenções é essencial, assim como estar em estado de alerta para perceber as sincronicidades e captar os sinais vindos de outras esferas.

Segundo a Agenda Pleiadiana, de Bárbara Hand Clow, o Cinturão de Fótons emana do Centro Galáctico. Alcione, o Sol Central das Plêiades, localiza-se eternamente dentro do Cinturão de Fótons,ativando sua luz espiralada por todo o Universo.

Mas afinal e nós nisso tudo? Nós somos os mais beneficiados com tudo isso.
Todos nós, os seres encarnados na Terra estamos passando por um processo de iniciação coletiva e escolhemos estar aqui nessa difícil época de transição de nosso planeta, que atingirá todo o Universo. Os fótons funcionam como purificadores da raça humana e através de suas partículas de luz, às quais estamos expostos nos raios solares, dentro em breve estaremos imersos nesta “Era de Luz”, depois de 11 mil anos dentro da Noite Galáctica ou Idade das Trevas, como os hindus se referiam a Kali Yuga.

Como um sistema de reciclagem do Universo, o Cinturão de Fótons inicia a Era da Luz. Existem diversas formas da humanidade intensificar sua evolução, desenvolvendo um trabalho de limpeza dos corpos emocionais, com o uso de terapias alternativas, como florais, Yoga, Sahaja Maithuna, musicoterapia, cromoterapia entre muitos outros. São terapias e práticas que trabalham com acura dos corpos sutis, evitando que muitas doenças sejam desenvolvidas antes mesmo de alcançar o corpo físico, além de curar outras já instaladas. Cada partícula vai se alojando em todos os cantinhos de nosso planeta trazendo a consciência (Luz), a Verdade, a Integridade e o Amor Mútuo. Cada um de nós tem um trabalho individual para desenvolver aliado ao trabalho de conscientização da humanidade.

Os corpos que não refinarem suas energias não conseguirão ficar encarnados dentro da terceira dimensão, pois a quarta dimensão estará instalada. E todos nós redescobriremos a nossa multidimensionalidade e ativaremos nossas capacidades adormecidas dentro da Noite Galáctica. A inteligência da Terra será catalizada para toda a Via Láctea.

Todos estes acontecimentos foram registrados no Grande Calendário Maia, que tem 26 mil anos de duração e termina no solstício de inverno, no dia 21 de dezembro de 2012 d.C. , que marca a entrada definitiva da Terra dentro do Cinturão de Fótons por 2000 anos ininterruptos.

Texto de autoria desconhecida que circula na internet .

Vinda de um avatar?

dezembro 12, 2009 às 1:27 pm | Publicado em Era de Aquário | 1 Comentário
Tags:

No livro “Evolução no Planeta Azul” (obra psicografada por Norberto Peixoto), Ramatís nos fala sobre o alinhamento planetário, o “rebaixamento de freqüência de entidades de elevadas estirpes siderais” e a possível vinda de um avatar:

PERGUNTA: – Os alinhamentos planetários de nosso sistema solar, estando a Terra agora na Era de Aquário, serão aproveitados pela Espiritualidade Maior para vinda de algum avatar, a fim de conduzir, encarnado, a materialização de novos conhecimentos, ou para se desencadear um processo decisivo na mudança de nosso mundo para um mundo de regeneração?

RAMATÍS: – Os espíritos iluminados, missionários, sempre encarnaram em momentos decisivos da evolução humana, materializando “novos” conhecimentos para a ampliação do saber na Terra, sejam científicos, espirituais ou filosóficos.

Os alinhamentos planetários de sete orbes (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno, considerando o Sol e o satélite Lua como se fossem planetas, em termos vibracionais) propiciam injunções vibratórias e magnéticas favoráveis ao rebaixamento de freqüência de entidades de elevadas estirpes siderais. Todavia, a equanimidade das Leis Cósmicas, que não privilegia nenhuma individualidade espiritual, coloca igualitariamente essas situações reencarcionistas favoráveis a um maior número de espíritos “comuns”, muito distante dos avatares, e que estão sequiosos do jugo carnal, necessidade evolutiva de uma grande plêiade que aguarda em longa fila de espera do “lado de cá”.

São as vibrações cósmicas que permitem a manifestação das mônadas espirituais nas formas, nas diversas dimensões onde estua a vida no Universo. A elas podeis denominar de orixás, e se encontram fortalecidas nessas conjunções astrológicas, pois cada planeta dos mencionados é mais “afim” a um “tipo” de vibração ou orixá, se fortalecendo nessas ocasiões os “cruzamentos” vibratórios, pelo intenso magnetismo interplanetário existente. É um fator positivo para a encarnação de anjos e avatares; para vosso entendimento, é como se facilitasse a alteração de freqüências mais “altas”, do universo imanifesto, para as mais “baixas”, direcionando-as ao universo manifestado.

A mudança de cátedra evolutiva do vosso planeta passa indubitavelmente pela moralidade dos terrícolas, que, infelizmente, estão muito aquém de interiorizarem os superiores ensinamentos morais contidos no Evangelho do Cristo, tratado cósmico de ascese espiritual. Logo, não é uma conjunção astrológica, seja de quantos astros forem, embora evento de grande valia vibratória, que determinará uma nova classificação do educandário da escola terrena, e sim a condição moral e exaltação do Ser Crístico pela coletividade, em total submissão das questões ligadas aos egos individuais. A encarnação de Jesus na Terra e sua “descida” vibratória dos planos angélicos, facilitada por um alinhamento planetário, não teve nenhum privilégio, e sim, merecimento, fruto do esforço próprio do Messias em galgar a Escada de Jacó, qual cidadão comum que lapidou a pedra bruta do ego inferior em milhares de encarnações, por diversos orbes, chegando ao píncaro do último degrau com o rosto gotejado de suor, mas com o diamante do Eu Crístico polido, plenamente interiorizado, e seguro no cofre eterno do espírito imortal.

Confluência ciência-esoterismo da atualidade.

dezembro 3, 2009 às 2:29 pm | Publicado em Era de Aquário, Transição Planetária | Deixe um comentário
Tags: , ,

No livro “Evolução no Planeta Azul” (obra psicografada por Norberto Peixoto), Ramatís nos fala sobre “pulsação” da Terra no período de transição planetária:

PERGUNTA: – Os cientistas verificam a realização de profecias ancestrais e de diversas tradições indígenas, reconhecendo comprovadamente importantes alterações no campo magnético e de freqüência da Terra neste início de Era de Aquário. O que tendes a dizer dessa confluência ciência-esoterismo da atualidade, e qual a visão espiritual dos mentores do Espaço sobre este momento de transição planetária que tem gerado insegurança em alguns espiritualistas estudiosos temendo o profetizado final dos tempos?

RAMATÍS: – Os homens voltam-se aos conhecimentos espiritualistas mais antigos para entenderem espiritualmente o que estão descobrindo e constatando por meios científicos. Como a comunidade que habita a egrégora terrestre está em franco processo de mudança, em que a transladação de espíritos imorais e despreparados para a vivência amorosa da Era de Aquário está sendo levada a efeito para planetas mais atrasados, ao mesmo tempo que espíritos com melhor condição moral estão encarnados em vosso orbe num mesmo influxo magnético cósmico de planetas mais evoluídos que a Terra, ocorre simultaneamente um aumento da freqüência vibratório coletiva do planeta, por um mecanismo que podeis entender como ressonante. Os cientistas terrícolas comprovam que a “pulsação” da Terra, ou a chamada Ressonância de Schumann, está aumentando drasticamente, ficando algo estarrecidos por não encontrarem explicações em parâmetros mecanicistas aos quais estão habituados, o que leva uma minoria a voltar-se positivamente para o espiritualismo, o ocultismo e para as questões esotéricas das tradições ancestrais da humanidade, muito especialmente as orientais.

As transições planetárias sempre ocorreram em toda a História; eis que a evolução requer movimento ascensional. O que estais verificando é uma intensidade no efeito de transitar, o que denota mudança de Era, compreendendo um ciclo de intensas e sérias modificações, algo que deveis perceber sem medos ou excessiva fascinação, que poderá vos conduzir a uma fixação exagerada nesse assunto, ante os percalços da vida comum, que devem preponderar.  Dentre vós há os que se tornaram trombetas vivas do momento apocalíptico, como se o fim do mundo terrificante vos batesse à porta, fazendo disso uma preocupação utilitarista, ampliando os interesses individuais de salvação à direita do Cristo contra a caridade coletiva que emana do amor ao próximo, como se o Cosmo impusesse pressa na ascenção evolutiva àqueles que ainda não tem em si os valores morais para serem o trigo e não o joio. Se fordes o joio após a separação, continuareis evoluindo normalmente em outro planeta, talvez nem tão inóspito e selvagem quanto o que estagiais agora. Espíritos imortais que sois, os céus eternos não vos impõem excesso de velocidade na autopista que conduz à estação evangélica, sob pena de severa multa aos aligeirados que esquecem as regras do bom trânsito entre irmãos. Certo está que não deveis ficar paralisado diante da Nova Era que se avizinha, pois se não há imposições de prazo evolutivo pela Divindade, há de se remover os estacionados indevidamente, para o bom fluxo de todos.

O Governo Oculto do Mundo.

setembro 11, 2009 às 4:17 pm | Publicado em A Nova Era, Era de Aquário | 2 Comentários
Tags:

As 10 mensagens de Kyron para a humanidade acerca dos novos tempos. 8ª mensagem: O Governo Oculto do Mundo.

As mensagens são retiradas do livro “Entrevista com um comandante estelar”, de Alexandre Wyllie.

“Queridos Irmãos,

Já está implantado, nos planos sutis, um novo Governo Oculto do Mundo. Este Governo em breve se manifestará em planos inferiores, e estabelecerá contato com grupos de novos servidores e indivíduos ligados a Hierarquia.

A estrutura deste Governo é conhecida por todos, porém, durante o ano de 1990, novas implementações foram estabelecidas:

1) A decisão de manifestação da hierarquia dévica em planos mais densos, muito próximos ao nível físico.

2)A mudança de canais energéticos receptores e emissores (chakras planetários) para ancoragem de energias e auxílio na reflexão de transmissão de impulsos cósmicos.

3) A implementação da fase final dos planos de transição geográfica de certas energias.

Esse Governo controla e supervisiona de perto a evolução humana, animal, vegetal, mineral e dévica. Esta ultima se encontra, inclusive, muito ligada ao reino humano nestes tempos de mudança. Sintonizem-se com esses seres que manifestam a pura intuição, principalmente com o reino angélico, que faz parte do reino dévico, e estes os ajudarão em seus caminhos ascensionais.

Atualmente esse Governo é composto de vários seres que tiveram encarnações conhecidas na Terra, porém, não iremos revelar tais fatos que só estimulam a curiosidade humana em detrimento do contato conosco. Nomes, cargos hierárquicos são meras apresentações de Seres de Luz, que não se apegam a tais denominações. Eles apenas cumprem sua parte no Plano Divino, auxiliando na evolução de seus irmãos.

Irmanado pelo Amor, aguardo-os em nossas reuniões suprafísicas.”

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.